Município finaliza inscrições do Processo Seletivo para Escola Cívico-Militar Três Marias

Por Nilson Magno Baptista

No último dia 21 foi encerrado o prazo de inscrições para o Processo Seletivo de contratação de militares da reserva com formação na área de Educação para atuação no cargo de instrutores de aluno cívico-militar na Escola Municipal Três Marias (CAIC), conforme edital nº001/2022.

Entre algumas das atribuições dos profissionais a serem contratados e nomeados estão as seguintes:

– Cumprir e fazer cumprir as normas estabelecidas nos regulamentos e instruções referentes ao Código de ética da escola;

– Atuar na articulação das relações internas e externas com as famílias dos alunos, comunidade e entidades de apoio psicopedagógicos e como ordenador das influências que incidam sobre a formação do educando, desde que previamente autorizado pelo gestor da escola ou pela Secretaria de Educação;

– Colaborar na preservação do ambiente escolar favorável ao entrosamento de alunos, professores e demais funcionários;

– Realizar o trabalho de orientação escolar disciplinar dos alunos, articulando o envolvimento da família no processo educativo;

– Acompanhar o desempenho escolar dos alunos e o desenvolvimento de atitudes responsáveis em relação ao estudo;

– Zelar pela ética, ordem e disciplina no contexto escola;

– Participar da indicação de professores e alunos destaque;

– Orientar alunos sobre regras e procedimentos, regimento escolar, cumprimento de horários; ouvir reclamações e analisar fatos;

– Controlar as atividades livres dos alunos, fiscalizar espaços de recreação, definir limites nas atividades livres.

– Organizar ambiente escolar e providenciar manutenção predial.

– Auxiliar professores e profissionais da área artística;

– Auxiliar alunos com deficiência física;

– Identificar pessoas suspeitas nas imediações da escola;

– Controlar fluxo de pessoas estranhas ao ambiente escolar;

– Identificar responsáveis por irregularidades;

– Identificar responsáveis por atos de depredação do patrimônio escolar;

– Liberar alunos para pessoas autorizadas;

– Retirar objetos perigosos dos alunos;

– Auxiliar na organização de atividades culturais, recreativas e esportivas;

– Inibir ações de intimidação entre alunos;

– Conduzir aluno indisciplinado à diretoria;

– Comunicar à coordenação atitudes agressivas de alunos;

– Informar sobre regimento e regulamento e código de ética da escola;

– Orientar alunos quanto ao cumprimento dos horários;

– Ouvir reclamação dos alunos;

– Analisar fatos da escola com os alunos;

– Informar à coordenação a ausência do professor;

– Restabelecer disciplina em salas de aula sem professor;

– Fornecer informações aos professores;

– Monitorar o sistema de imagens das dependências da escola;

– Organizar a acolhida no início de cada turno;

– Orientar a utilização dos banheiros;

– Abrir as salas de aula;

– Relatar ocorrência disciplinar;

– Inspecionar a limpeza nas dependências da Escola.

Agora é aguardar que o restante do processo transcorra normalmente a fim de que se possa iniciar o funcionamento dessa nova modalidade de Escola que o município de São João Nepomuceno se propôs a implantar, numa iniciativa pioneira do prefeito Ernandes José da Silva, para quem EDUCAÇÃO sempre foi uma das prioridades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.