Uma questão de justiça e reconhecimento (parte final)

Por Nilson Magno Baptista

No final de 2015, após quase quarenta anos de militância política, comecei a pensar em deixar definitivamente essa atividade. As razões para isso eram muitas, porém acho que não devo aqui especificar esses detalhes.

Em 2016, ano de eleições para prefeitos e vereadores, recebi em minha casa, acompanhado do amigo José Maurício, o empresário Ernandes José da Silva, que eu conhecia apenas de nome, mas com quem simpatizei logo de início, por sua simplicidade , simpatia e gentileza. Durante nossa conversa, Ernandes falou de sua intenção em se candidatar a prefeito, tinha muitos planos e ideias,  não tinha experiência em administração pública, mas queria montar uma equipe de apoiadores que tivessem experiência na atividade política a fim de que sua campanha pudesse sair vitoriosa. Fiquei calado escutando,enquanto meu pensamento voltava ao ano de 1976, quando me iniciei na atividade política. Diante da maneira sincera com que Ernandes demonstrou sua nobre intenção de contribuir para o desenvolvimento de nossa São João Nepomuceno, não pude deixar de aceitar seu convite.

Assim se iniciou nossa participação direta nos preparativos para a campanha. Passei a enviar informações à coordenação de campanha, como, por exemplo, Lei Orgânica do Município, Plano Municipal de Educação, Plano Municipal de Saneamento Básico ,dados sobre criação de Ouvidoria, normas para criação de Autarquias, Plano Plurianual, Lei Orçamentária, assim como muitas outras informações relacionadas à administração pública. Participei de quase todas as reuniões durante as quais foram apresentadas sugestões de companheiros e companheiras para a elaboração do plano de governo. Esses encontros eram realizados na chácara de Ernandes, com presença de grande número de apoiadores e neles o pre-candidato enfatizava sempre a importância de que a campanha fosse de alto nível, sem ataques e ofensas aos adversários, e assim foi até o final..

Como foi a campanha em 2016

A campanha, por orientação do próprio candidato, foi tranquila, sem agressões aos adversários, principalmente alegre e animada, com grande número de jovens participando. Por todos os lugares por onde Ernandes passava com sua equipe de apoiadores era muito bem recebido pelas pessoas. O eleitorado ansiava por um novo tipo de administrador, com novas ideias, e isso realmente não faltou, pois o candidato pregava uma maneira diferente de trabalhar, propondo, inclusive uma reforma administrativa, novas metodologias, por exemplo, nas áreas de Educação, Saúde , Assistência Social, Desenvolvimento Econômico e Urbano, Finanças,Agricultura, Turismo e Meio Ambiente, Nos setores de Cultura e Esportes ele idealizava uma grande movimentação , como nunca antes havia sido feita no município, e, em nossa opinião, conseguiu. no decorrer do seu mandato.

O resultado de tudo isso foi a grande vitória, que teve como resultado o expressivo resultado de 7418 (sete mil quatrocentos e dezoito votos ), número que correspondeu a 46,35% do eleitorado que compareceu às urnas.

Ernandes e seu mandato desafiador

Eleito, Ernandes começou sua administração em janeiro de 2017, enfrentando muitas dificuldades, mas foi superando uma a uma. Assim, os primeiros três anos foram de muito trabalho e implantação de várias inovações como, por exemplo, a desativação do aterro controlado de lixo (que havia se tornado praticamente um “lixão”), com a contratação de uma empresa especializada, que passou a transportar nosso lixo para um aterro sanitário próximo à cidade de Leopoldina. Para que a empresa pudesse realizar esse transporte, foi construída a Estação de Transbordo, próximo ao trevo para Rio Novo. Numa outra etapa, essa mesma empresa passou a realizar também a coleta domiciliar,utilizando, para isso, veículos apropriados e adequados às exigências das leis de trânsito. No mesmo local onde se construiu a Estação de Transbordo também foi instalada a Usina de Asfalto, que já foi bastante acionada no caso de diversas operações tapa buracos realizadas na cidade. Também foi concretizada a Reforma Administrativa,

Prefeito Ernandes e Ricardo Itaborahy (Diretor de Cultura)
Prefeito Ernandes, por meio da Diretoria de Esportes, sob a responsabilidade de Fernando de Lélis Pinheiro, oferece total apoio a cerca de 30 (trinta) modalidades esportivas praticadas no município

 

O prefeito Ernandes, que iniciou seu mandato plantando árvores- e recentemente conseguiu que o Horto Florestal não fosse fechado – está em vias de concluir esse mesmo mandato com um saldo positivo de centenas de ações administrativas, que deixam ótimos resultados para o município e sua população.

Prefeito Ernandes; vice-prefeito Sebastião Barbosa, vereador Nei Medina (com a enxada e de cabeça baixa) e vereador Reniraldo de Oliveira, no dia da posse, plantando árvore no jardim da Igreja Matriz
Horto Florestal, que o prefeito Ernandes, por meio de um convênio com o Governo do Estado e o IEF (Instituto Estadual de Florestas) conseguiu , recentemente, evitar que fosse fechado.

NOTA DO EDITOR: A FOTO DE CAPA SE REFERE A UMA REUNIÃO DO PREFEITO NA ESCOLA ESTADUAL “OSWALDO CRUZ” POR OCASIÃO DO LANÇAMENTO DO PROJETO PAIS (PACTO DE AÇÃO E INTEGRAÇÃO. SOCIAL), QUE TAMBÉM BENEFICIOU ALUNOS DE 08 A 13 ANOS DAS .ESCOLAS MUNICIPAIS ‘DR.PÉRICLES VIEIRA DE MENDONÇA” E “TRÊS MARIAS – CAIC”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.