Estradas rurais pavimentadas em pedra: revolução no agronegócio do nosso município?

Por Nilson Magno Baptista

Desde sempre a grande demanda dos agricultores do município de São João Nepomuceno é por melhores estradas, e o atendimento a essa aspiração da categoria possibilitaria grande benefício  ao escoamento de sua produção, seja ela qual for: hortifrutigranjeiros (frutas, hortaliças legumes), produtos derivados do leite, aves, suínos e demais produtos que precisam chegar à área urbana com rapidez, segurança e qualidade. Mas isso seria possível? Sim , por meio do sistema de pavimentação com pedras.

Para ilustrar nossa reportagem citamos  exemplos de regiões onde já se utiliza, há vários anos, o sistema de estradas rurais pavimentadas com pedras irregulares, também conhecidas como poliédricas, ou, mais popularmente, como “pé-de-moleque”. Veja as imagens abaixo:,

 

Pavimentação em pedra poliédrica:  Rodovia Oscar Fogaça Leite em Ribeirão Claro.
Foto Gilson Abreu/AEN
Calçamento de estrada rural em Santo Antônio do Paraíso. (Imagem extraída de www.blogdochaguinhas.com.br)

 

 

 

Para se ter uma ideia do quanto isso seria interessante, se cada prefeito que administrou nosso município, no período de 1947 até os dias atuais, por exemplo, tivesse calçado, pelo menos , mil metros de estrada por ano, teríamos hoje mais de 74 mil metros de calçamento em nossas vias rurais. Ainda é tempo de se colocar “mãos à obra”, iniciando estudos a fim de se dar andamento a esse projeto que, com certeza, entrará para a história do desenvolvimento de nosso município.

Muitos, principalmente os pessimistas, dirão que o projeto é inviável, mas, como diz a filosofia: “ Toda caminhada começa com o primeiro passo”.

A IMAGEM DE CAPA MOSTRA A ESTRADA RURAL DE CHOPINZINHO, NO ESTADO DO PARANÁ, E FOI EXTRAÍDA DE WWW.AGRICULTURA.PR.GOV.BR (FOTO: GILSON ABREU)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.